Player da RNVW Ao Vivo RNVW Record Play

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Grêmio deixa vitória escapar no fim do jogo contra o Defensor Tricolor sofreu para romper ferrolho uruguaio e cedeu empate em 1 a 1 numa falha defensiva

O Grêmio teve a bola no pé quase o tempo inteiro e o jogo na mão. Mas só no fim do jogo abriu o placar, com dificuldade, apesar da ampla posse de bola, só que no minuto seguinte entregou o empate ao Defensor numa falha completa do setor defensivo. Ficou de positivo o pontinho somado com o 1 a 1 fora de casa, na estreia da Libertadores, nesta terça-feira, em Montevidéu.
Como o Cerro Porteño venceu o Monagas no outro jogo do grupo, o Tricolor ocupa o segundo lugar empatado com o Defensor, ambos com um ponto somado. Agora, o desafio será o Juventude, domingo em Caxias do Sul. Na Libertadores, só volta a jogar em 4 de abril, contra o Monagas na Arena.
Uruguaios entregam a bola ao Grêmio
Os uruguaios ameaçaram um pouco com o perigoso Facundo Castro no início, mas depois a bola foi toda do Tricolor. O problema foi não saber exatamente o que fazer com mais 70% de posse para criar chances de gol. A estratégia do Defensor foi clara desde o minuto inicial, marcação incansável e bolas diretas para o contragolpe. Quase funcionou aos 12 minutos. Facundo Castro recebeu na direita e cruzou para a área. Cougo subiu livre, com a meta à disposição. Cabeceou por cima, para sorte gremista.
Cougo voltou a ter chance aos 15 minutos. Mathias Suarez disparou na direita e fez o passe rasteiro. Cougo buscou o chute no ângulo esquerdo e mandou para fora. Nesse meio tempo, o Grêmio é que trocava passe atrás de passe sem achar espaço.
E mais uma vez no contra-ataque, Cougo quase marcou aos 26 minutos. Ele correu na esquerda após Luan ser desarmado e tentou um golaço por cobertura. Mandou o chute da risca esquerda da área, Marcelo Grohe não alcançou, mas tirou no golpe de vista, beliscando o ângulo direito.
O ferrolho uruguaio pouco permitiu ao Grêmio chutar a gol. Luan tentou aos 27. Fez boa tabela com Madson e chutou forte na área, estufando um dos zagueiros. Outra boa combinação com Madson fez a bola sobrar do lado direito. Luan chutou colocado e Reyes fez sua primeira defesa na partida. Intervalo chegou com o zero no placar.
Tricolor volta com fome de gol
A volta para o segundo tempo teve um Grêmio mais ofensivo e focado em chegar ao gol. Aí foi a vez do goleiro Reyes trabalhar bem. Aos seis minutos o arqueiro salvou em cobrança de falta ensaiada do Tricolor. Luan rolou de calcanhar para Cícero, que bateu desviando a barreira, mas o goleirão voou no canto direito para defender
No lance seguinte, Luan criou grande chance para Madson. O lateral entrou correndo em diagonal e chutou muito forte sobre a meta. Seria a última chance dele, pois Renato lançou Alisson no seu lugar, recuando Ramiro para a lateral.
Um susto veio aos 11 minutos. Geromel tentou sair jogando no ataque e acabou desarmado. No contragolpe, Cougo recebeu na frente da área, cortou e mandou forte. Grohe salvou a cidadela tricolor, espalmando para escanteio.
Desesperado pelo gol, Renato chamou Jael no lugar de Jailson e a partir daí o Defensor foi amassado até ceder o gol. Primeiro, Alisson recebeu na intermediária, deu dois passos e disparou um foguete. Reyes fez bela defesa no canto direito. Aos 27, Cícero recebeu na esquerda e mesmo do meio da rua bateu forte. O goleirão pegou no canto direito, mas com dificuldades.
Festa e frustração
Em meio à pressão, tinha que vir o gol, e veio numa baita jogada do volante Maicon. Ele tabelou no meio e lançou Éverton de cavadinha. Jael abriu espaço e sofreu pênalti. O juiz deu vantagem e Éverton completou. A bola passou por Reyes, mas não pelo zagueiro que salvou em cima da linha. No rebote, porém, Maicon apareceu para anotar um golaço colocando no ângulo esquerdo.
Só que a festa durou pouco por causa de um lance de completa desatenção gremista. Na cobrança de escanteio, o zagueiro Maulella ficou totalmente livre no segundo pau. Sem precisar nem pular, ele desviou de cabeça no canto esquerdo, igualando em 1 a 1. Frustrado, o Tricolor tentou um último abafa, com Maicosuel no lugar de Éverton. Com o relógio correndo contra, entretanto, teve de se contentar com o empate.
Libertadores - Grupo A
Defensor 1
Reys; Maullella, Nicolás Correa, Carrera e Mathías Suárez; Cardacio, Benavidez (Rabuñal), Facundo Castro (Waterman), Cougo e Goñi; Germán Rivero. Técnico: Eduardo Acevedo.
Grêmio 1
Marcelo Grohe; Madson (Alisson), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jaílson (Jael), Maicon, Ramiro, Luan e Everton (Maicosuel); Cícero. Técnico: Renato Gaúcho.
Gols: Maicon (35min/2ºT); Maullella (39min/2ºT).
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG).
Cartões amarelos: Maulella e Cardacio (D)
Local: estádio Luis Franzini, em Montevidéu, Uruguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário