Player da RNVW Ao Vivo RNVW Record Play

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Inter joga melhor,mas perde para o Caxias na Serra Equipe grená manteve campanha impecável com 2 a 1 no estádio Centenário

O Inter foi surpreendido e perdeu para o Caxias, nesta quarta-feira, no Centenário. A equipe colorada controlou a primeira etapa de jogo, saiu atrás do placar, igualou, mas caiu de rendimento depois do intervalo e acabou sofrendo o 2 a 1 do agora líder do Gauchão. O próximo desafio será sábado, contra o Avenida, no Beira-Rio.
Depois de sofrer uma pressão inicial do Caxias, o Colorado tomou conta do primeiro tempo e dava pinta de abrir vantagem. Mas os donos da casa surpreenderam e abriram o placar, botando fogo na partida até o Inter igualar antes da virada para o intervalo.
A blitz inicial da equipe da Serra foi o primeiro susto para Danilo Fernandes. Tulio Renan roubou a bola, foi desarmado, mas Nicolas pegou o rebote e bateu forte. A bola passou zunindo sobre o travessão. A tentativa de reação do Inter veio aos 9 minutos, mas numa jogada mal ensaiada... D'Alessandro fez toda uma orientação dos companheiros e lançou Gabriel Dias de três dedos. O garoto tentou lançar de primeira na direita, mas Pottker não acompanhou o lance esquisito.
Depois disso, o goleiro Gledson começou a se destacar. Aos 16, fez sua principal defesa. Pottker recebeu na direita, driblou três marcadores e lançou Damião. Na cara do gol, o centroavante chutou de primeira, mas parou no goleiro, bem posicionado. Depois, antecipou dois grandes lançamentos para o mesmo Damião, impedindo chances claras.
Festa da equipe da Serra
Aos 20, o Caxias mostrou que estava vivo no jogo, numa cobrança de falta. Rafael Gava mandou com muito efeito e Danilo Fernandes teve dificuldade para abafar, em dois tempos. No contra-ataque, Gledson quase fez lambança. Ele saiu para tirar de cabeça, mas levou um chapéu de Pottker. O atacante cruzou para Damião, sem goleiro, mas o companheiro não alcançou.
Então, veio o susto colorado. Tulio Renan cruzou na área, Nicolas desviou fraco de cabeça, mas a bola raspou em Cuesta. Danilo Fernandes pulou atrasado e não alcançou rente à trave: 1 a 0 para os donos da casa.
Só que o Colorado foi com tudo para cima e, aos 41, Damião se redimiu das chances perdidas. Só que não foi ele quem marcou. No lançamento de D'Alessandro, o centroavante aparou de cabeça com perfeição e deixou Pottker na cara do gol. Sem cerimônia, ele enfiou o pé e anotou o 1 a 1 no placar. A etapa ainda teve polêmica aos 45 minutos. O juiz marcou uma falta para o Caxias, mas quando a equipe da Serra ia lançar na área, encerrou o primeiro tempo. Todo o time grená foi para cima reclamar, em meio à grande vaia da torcida.
Inter esfria no segundo tempo e Caxias aproveita
Toda a energia do primeiro tempo, parece que ficou no vestiário. A segunda etapa foi bem mais morna e cadenciada, com ambos os times trocando passes em busca de espaços que surgiram raramente. A primeira chance foi do Inter, aos 4 minutos. D'Alessandro puxou contra-ataque e lançou Pottker na direita. O atacante invadiu a área sozinho, podia cruzar para Damião, mas chutou forte. Com pouco ângulo, a bola parou em Gledson.
Os donos da casa, nem chance efetiva criaram por longos períodos. Ainda levaram um susto aos 25 minutos. Dourado fez um lançamento longo, a zaga parou e sobrou para Pottker. Livre na cara do gol, ele emendou com a perna direita, mas chutou torto para fora.
Odair Hellmann lançou Nico Lopez e Roger nos lugares de Pottker e Damião, respectivamente, mas a renovação ofensiva teve pouca efetividade. E foi o Caxias que guardou o melhor para o fim, numa jogada de dois atletas que entraram no segundo tempo. Daniel Cruz foi lançado nas costas de Iago, invadiu a área e chutou cruzado. Alex Willian desviou no segundo pau e matou Danilo Fernandes no lance. Confirmado o 2 a 1 para o Caxias e a liderança do Gauchão.
Gauchão - 3ª rodada
Caxias 2
Gledson; Cleiton, Junior Alves, Laércio e Julinho (Vavá); Régis, Rafael Gava e Diego Miranda; Túlio Renan (Alex Willian), Nicolas e João Paulo (Daniel Cruz). Técnico: Luiz Carlos Winck.
Inter 1
Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias (Patrick), D'Alessandro e Edenilson; Leandro Damião (Roger) e William Pottker (Nico López). Técnico: Odair Hellmann.
Gols: Nicolas (35min/1ºT) e Alex William (39min/2ºT), para o Caxias;  William Pottker (41min/1ºT), para o Inter.
Cartões amarelos: Iago e Cláudio Winck (I).
Arbitragem: David Baquini, auxiliado por Maurício Coelho Silva Penna e Max Augusto Guimarães Vioni.
Local: Centenário, em Caxias do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário